Anny_GO

registro: 07/02/2009
E o que realmente importa nessa vida, é presença, atitude, reciprocidade, o querer mútuo e quem nos faz bem. ❤
Pontos291Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 709
Último jogo
Dados

Dados

Dados
15 dias h

Para todos os dias...

c0721307ff6d8d4b0dfa3e2d05cca858.jpg
... Sei que as novidades envelhecem e que não é seguro se sentir feliz apenas por atingimento de metas. Muito melhor é ser feliz por nada (...) Particularmente, gosto de quem tem compromisso com a alegria, que procura relativizar as chatices diárias e se concentrar no que importa pra valer, e assim alivia o seu cotidiano e não atormenta o dos outros. Mas não estando alegre, é possível ser feliz também. Não estando “realizado”, também. Estando triste, felicíssimo igual. Porque felicidade é calma. Consciência. Felicidade é ter talento para aturar, é divertir-se com o imprevisto, transformar as zebras em piadas, assombrar-se positivamente consigo próprio: como é que eu me meti nessa, como é que foi acontecer comigo? Pois é, são os efeitos colaterais de se estar vivo. Benditos os que conseguem se deixar em paz. Os que não se cobram por não terem cumprido suas resoluções, que não se culpam por terem falhado, não se torturam por terem sido contraditórios, não se punem por não terem sido perfeitos. Apenas fazem o melhor que podem. Se quiser ser mestre em alguma coisa, tente ser mestre em esquecer de você mesmo. Liberte-se de tanto pensamento, de tanta procura por adequação e liberdade. Ser uma pessoa adequada e livre – simultaneamente – é uma senhora ambição. Demanda a energia de uma usina. Para que se consumir tanto? É tempo esgotado para o questionário de Proust, essa mania de ter que responder quais são seus defeitos, suas qualidades, sua cor preferida. Chega de se autoconhecer! Você já está aqui, já tem seu jeito, já carimbou seu estilo e assumiu que é um imperfeito bem intencionado. Feliz por nada talvez seja isso.

                                                                                                                                         Martha Medeiros

Feliz por nada... e que sejamos gratos por tudo, sempre!
Dia abençoado pra todos nós,
Anny