LuSilva

 
joined: 2019-10-15
O sorriso mais bonito é aquele que vem do nada. Solto, livre e sincero.❤️❤️
Points85more
Next level: 
Points needed: 115
Last game

E a vida pós pandemia? Como ficou?


Todos clamam pela vida normal e igual de volta. Mas não, não pode, precisamos melhorar. O discurso raso de “que tudo ficará bem” não cabe mais. Precisamos, devemos e vamos superar, mas devemos sair dessa batalha melhores. Há uma ansiedade, uma angústia frente ao desconhecido. Uma ansiedade em relação ao futuro. E mesmo assim, há que se estar lutando. Por isso, repito: precisamos sair desse momento melhores! É o mínimo que o Universo nos pede. Vemos comerciais, apelos políticos (afinal estamos em ano de eleições) e, certamente, digo que muito compreensível, a angústia de setores privados. Comércio, indústria, prestação de serviços etc. Não está fácil para ninguém. E será que alguma vida compensa esse esforço?!Enfim, um tempo de isolamento e sensação de perda de controle. Ninguém de nossa geração pensou passar por esse momento. Parecia apenas filme de ficção. E hoje bate à nossa porta, causando, além da própria doença, de prejuízos econômicos a descompensação emocional. A ansiedade natural, nossa aliada em situações de perigo, passa a ser patológica.Crises de pânico, violência doméstica, abuso de álcool, insônia, depressão. A pandemia trouxe à tona também problemas psiquiátricos. E precisamos estar atentos também a isso. Cuidar de nosso bem-estar mental e físico é fundamental para enfrentar a pós pandemia E as consequências dela: isolamento, desemprego, perda de entes queridos, entre tantos. Ficar. Sossegar. Estar. Curtir. Observar. Pedir ajuda. Tratar. E, mesmo fazendo tudo isso, teremos problemas? Claro! Somos novos nessa coisa de relações humanas. Somos novos sobre ficar só em família, estamos engatinhando em amar ao próximo, em solidariedade comunitária. Nossa parcela egoísta ainda é grande. Minha dor ainda é a maior de todas. Mas hoje o mundo dói. Mas estamos aqui para crescer. Evoluir. Ser mais a nós e aos próximos. E, afinal não, não queremos que tudo volte ao normal. Precisa ser melhor! Precisamos melhorar!


Dia do professor...

Nem sempre reconhecidos e homenageados como merecem. Muitas vezes o seu trabalho é quase invisível e outras tantas encontram resistência do lado de lá. Mas todos concordamos que poucas coisas são tão nobres e importantes quanto o trabalho de um professor. Hoje, sendo o dia deles, a você, professor, eu desejo um dia maravilhoso, e a todos os demais que reflitamos sobre a importância de tão fundamental e necessária profissão.É você, professor, que existe por trás de toda profissão, que vai esculpindo com sua dedicação, paciência e sabedoria as mentes das mulheres e dos homens do amanhã. Pelas suas mãos passa o futuro do país, e com elas você ajuda a moldar os cidadãos que tomarão conta desse futuro. É um trabalho de muita responsabilidade, mas na sua honestidade e irrepreensível juízo nós confiamos. Quem se cultiva para depois cultivar nos outros; quem compartilha todo o seu conhecimento com os outros, tem que ser alguém que merece toda a nossa admiração, confiança e respeito. Um feliz dia do professor, em especial a todos aqueles que passaram pela minha vida.


Para todas as crianças, não de idade, mas para as de alma ?



Para todos aqueles que assim como eu nunca deixaram de serem crianças.Ser criança é acreditar que tudo é possível. É ser inesquecivelmente feliz com muito pouco. Ser criança é ter o dia mais feliz da vida, todos os dias. Ser criança é o que a gente nunca deveria deixar de ser.Passamos a infância querendo crescer para depois passarmos a vida querendo voltar a ser criança. Porém, apesar dessa lógica louca do homem, o fato é que esquecemos que a criança está dentro de nós, em cada sorriso, cada brincadeira, a cada olhar com simplicidade para as coisas da vida. Ser criança é ter esperança na humanidade por mais amarga que ela seja, é ser feliz com as coisas simples, é tomar banho de chuva, se lambuzar de chocolate, rir até a barriga doer. Ser criança é saber sorrir, é saber ser feliz, apesar dos apesares, e nunca perder a esperança de dias melhores...


Você acredita em alma gêmea?


É difícil explicar as razões que nos fazem simpatizar de cara com alguém. É difícil encontrar motivos que justifiquem a alegria espontânea que sentimos quando estamos perto dessa pessoa ou a falta absurda que ela nos faz, mesmo que a tenhamos conhecido há tão pouco tempo. Mas acontece. Algumas pessoas cruzam nosso caminho e a conexão é imediata. Dizem que as almas já se conheciam e por isso não são necessárias apresentações, explicações, conclusões. A gente apenas sente, e ponto. Com elas ficamos à vontade, sentimos familiaridade, temos vontade de passar o resto do dia, da semana, do ano… falando da vida, rindo à toa e confessando segredos sem receio do choro vir à tona. Quando há conexão de almas, a gente se reconhece no olhar. Antes mesmo das apresentações, sentimos proximidade. E por mais que faltem explicações, sobram semelhanças e sincronicidade. É como se o Universo conspirasse a favor, e os caminhos estivessem fadados a se cruzar.Algumas coisas são inexplicáveis nessa vida, e a conexão imediata que sentimos perto de algumas pessoas é assim também. De vez em quando conhecemos alguém e temos a sensação de que já o conhecíamos anteriormente. O encantamento, a simpatia gratuita e a conexão imediata que sentimos ao lado de algumas pessoas nos fazem acreditar que nem tudo tem explicação lógica, e que nossa alma tem mais mistérios do que podemos supor ou entender. Sinta-se abençoado se alguma vez conseguiu sentir. Sinta-se privilegiado se a outra pessoa sentiu o mesmo que você. Conexões de pele são passageiras. Conexões de alma duram a vida inteira...


Sobre a felicidade...


 Para ser feliz, nós temos que entender e aceitar algumas realidades da vida… Realidades que nem sempre são doces e macias. Muitas delas são ásperas. Outras são saborosas e suculentas como frutas tiradas do pé. Para ser feliz, nós temos que aprender a lidar com a ausência. Haverá dias de ausência de afeto e dias de falta de amor. Haverá saudade também. Muitas saudades. Viver é trilhar essa rota sem volta. Muitos ficam para trás. Algumas pessoas vão escolher se afastar, precisamos aceitar. Outras pessoas serão arrastadas para outros caminhos contra a vontade, também devemos aceitar. Chegará o tempo em que o tempo de alguém querido aqui nesse mundo se esgotará… Então, respira fundo, e aceite. E você vai se deparar com uma saudade rude, bela e definitiva. Para ser feliz, temos que enxergar que nada na vida permanece, tudo muda, nada é para sempre, inclusive você. Afinal de contas, você não é a mesma pessoa de ontem… Assim como também não é a mesma de amanhã.Esse é o grande muro que separa a gente da felicidade: A resistência às mudanças. O apego. O não saber jogar fora. Abraçamos certas realidades e não queremos soltá-las nunca mais, como se elas se tornassem parte essencial da nossa vida. Para ser feliz, temos que nos entregar a esse fluxo absolutamente mutável da vida. Aceite. E transforme cada mudança em um novo motivo para continuar, aprender e despertar.  Talvez a felicidade não seja um estado permanente de alegria e riso, mas sim um constante fluir.  Erramos e acertamos. Ferimos e curamos. Talvez seja hora de acender a velinha da compaixão dentro do peito. Iluminar a mente com a luz da compreensão, do fluir, do aceitar, do transformar. E por fim, para ser feliz, permita-se ser impermanente como a vida.... Seja feliz.